Translate

sábado, 30 de abril de 2016

O Brasil e suas Histórias de GOLPES DE ESTADO !



     Se houvesse um Guiness para países que derrubaram seus presidentes o Brasil ficaria, facilmente, com ele para sempre. O talento do brasileiro nesse quesito é assombroso. Mais que talento, é quase uma obsessão, uma tara! Derruba-se presidentes a pretexto de tudo e de nada. Não importa o motivo. O que interessa é derrubar, cassar, afastar, esmigalhar. Ver o circo pegar fogo. Sem medir as consequências.

      Getúlio inaugurou a série de golpes em 1930. Vestiu-se de militar para tirar do poder Washington Luís, punido porque seu candidato, Julio Prestes fora eleito com fraude eleitoral. Segundo os getulistas. É claro que Getúlio jamais provou a fraude, arrancou Washington Luís do palácio à força, sabe-se lá como tinha mais poder militar que o governo federal e conseguiu convencer a nação que o criminoso era quem tinha "fraudado" as eleições e não quem tinha dado o golpe,ou seja, ele.

      As consequências do golpe foram trágicas. Getúlio logo percebeu que a primeira providência a tomar era proteger-se para não ser derrubado, por isso instituiu a ditadura. Fim das eleições, censura à imprensa, censura de opiniões, prisão, tortura e morte para quem criticar o governo.

      Os paulistas tentaram dar um golpe nele, sem sucesso, em 1932, o chamado golpe do bem, mas seria um golpe - para derrubar quem tinha derrubado e tiveram que esperar até 29 de outubro de 1945 quando ele foi deposto pelo general Gois Monteiro, naquela época, e até 1985, golpe era exclusividade dos militares .

      Getúlio tomou um novo golpe em 1954, no sentido figurado: na realidade suicidou-se, mas foi a forma que encontrou de resistir ao golpe dos generais que exigiam a sua queda.

      O vice, Café Filho, que deveria ficar até a posse do novo presidente eleito, não esquentou a cadeira, caiu logo e entregou a faixa a Nereu Ramos, que caiu logo em seguida por intervenção do marechal Lott que o acusou de conspirar contra a posse de JK. Empossado ele foi mas não governou sem tentativas de golpe, como a revolta de Aragarças.

      Também foram os militares, indiretamente, os responsáveis pela ruptura seguinte quando, em 1961, Jânio Quadros renunciou por não resistir a "forças terríveis", que não há como não associar aos quartéis. Dessa vez os militares não entregaram a presidência de mão beijada ao vice, como fizeram com Café Filho, impuseram condições, ou seja, desobedeceram à constituição que determina que no impedimento do presidente assume o vice e ponto final. Os militares deram um golpe na constituição em 1961 antes de dar o golpe final em 1964 quando Jango abandonou o palácio assim como fizera Jânio. Estranhamente, tentaram transformar Jango em herói e Jânio em vilão.

      Finalmente no poder por meio do golpe a que chamaram de revolução, os militares deram o segundo golpe com a edição do AI-5, que foi o pontapé inicial de uma guerra sangrenta entre os golpistas e os democratas, que os primeiros tentaram rotular de comunistas para justificar as atrocidades que perpetraram.

      Os golpistas também sofreram golpes de seus pares. Silvio Frota, o mandarim da linha dura, tentou derrubar Geisel. E então foi derrubado por ele. Otávio Medeiros e Newton Cruz, adeptos de Frota conspiraram para derrubar Figueiredo e colocar no cargo alguém mais afinado com sua linha política contrária à abertura com o atentado do Riocentro.  

      Os militares voltaram aos quartéis, mas as tentativas de golpe, não. Fora Sarney, fora Collor, fora Itamar, fora FHC, fora Lula, fora Dilma passaram a cobrir muros e paredões das capitais brasileiras, é o que se repete há 30 anos.

      Os números são eloquentes. Dos 20 governos no poder desde 1930 temos 14 episódios em que presidentes sofreram tentativas de golpe ou foram derrubados:

1° Getúlio derrubou Washington Luis;
2° Gois Monteiro derrubou Getúlio;
3° generais derrubaram Getúlio levando-o a se suicidar;
4° Café Filho foi afastado;
5° Nereu Ramos deposto:
6° tentativa de golpe contra posse e a revolta de Aragarças contra JK;
7° Jânio derrubado por "forças terríveis" renuncia;
8° Jango foi derrubado:
9° tentativa de derrubar Geisel;
10° tentativa de derrubar Figueiredo;
11° Collor derrubado;
12° tentativa de derrubar FHC;
13° tentativa de derrubar Lula
14° tentativa de derrubar Dilma.

      Dilma diferentemente dos citados acima não sofre um GOLPE vindo dos quartéis, mas sim das Igrejas, pois graças os votos que receberam dos fiéis com o discurso de brigar pela família, o fim da corrupção e contra o homossexualismo, deputados Federais e Senadores evangélicos formam a Bancada Evangélica hoje formada no LEGISLATIVO, Michell Temer (PMDB), conseguiu forças para deixar registrado mais um GOLPE na História do nosso país.

      Só para deixar registrado, sei que Dom Pedro II não era presidente do Brasil, mas sim Imperador, mais muito antes dos presidentes citados acima, Dom Pedro II sofria o primeiro golpe de estado desse país em 1889, GOLPE esse financiado pelas mesmas elites que derrubou os governos citados anteriormente. As ELITES que na época eram conhecidas como: CAFÉ com LEITE, elites de São Paulo e Minas Gerais, essas  elites usaram os militares para afastar a monarquia e proclamarem a República para que depois pudessem assumir.

      Não tenho como avaliar o que o país perdeu com essa sucessão de guerras civis, armadas ou não, mas é certeza que perdeu muito porque o desenvolvimento não convive bem com terremoto político. Mais do que lamentar as perdas cabe constatar que esse não é o caminho, não se constrói um país destruindo seus líderes a torto e a direito.

      Sem aulas de História e bons professores, um GOLPE de Estado pode ser passado para você como uma REVOLUÇÃO. Só anos depois que você vai entender que de revolução não tinha nada, e sim interesses agrários, pessoais e empresariais!


Edgard Brasil




quinta-feira, 21 de abril de 2016

Entenda o que é o NEOLIBERALISMO !

     
       Já se perguntou o motivo das empresas públicas estarem cada vez mais ficando sucateadas? Os atrasos de salário de seus funcionários? Como está cara as provas para um cargo de concurso público? Então, o nome disso é NEOLIBERALISMO, tudo isso que citei acima e entre outros é proposital no sistema em que vivemos. Deixe eu te apresentar então o NEOLIBERALISMO  e suas propostas:
      Nessa corrente de pensamento, o indivíduo teria mais importância que o Estado. Essa concepção se caracteriza pela valorização da competição entre as pessoas e liberdade de comércio, ao mesmo tempo em que é a favor da diminuição dos gastos estatais com previdência social, saúde e educação. Essa doutrina econômica tem como uma de suas características se opor a qualquer regulamentação. Segundo essa visão, o salário mínimo, por exemplo, além de não aumentar o valor real da renda do trabalhador, ainda excluiria a mão-de-obra menos qualificada do mercado de trabalho. Para os neoliberais, o piso salarial distorce custos de produção e é uma das causas do desemprego. O neoliberalismo propõe uma desregulamentação da economia (controles públicos menos rígidos das atividades econômicas), a privatização das empresas estatais como as usinas de energia, as indústrias de base, a construção e administração de estradas, a administração de portos e até parte de setores de fundamental interesse público como saúde e educação. Segundo o neoliberalismo, ao enxugar os gastos com políticas sociais e obras públicas, o governo tende a diminuir os impostos e estimular as atividades produtivas. Portanto, o livre funcionamento do mercado, sem controles inibidores do Estado, é o caminho para a elevação da produção e, consequentemente, geração de emprego e de renda, acarretando efeitos sociais positivos.
      A concepção neoliberal foi formulada pela primeira vez em 1947 por Friedrich August von Hayek. Ela partia do princípio de que o mercado deveria servir como base para organização da sociedade. Mas a política econômica neoliberal foi aplicada inicialmente pelos governos de Margareth Thatcher (Reino Unido) e Ronald Reagan (Estados Unidos), a partir dos anos 1980. Hoje, é a tendência econômica vigente no mundo globalizado. Tinha como finalidade o combate ao poder dos sindicatos e a redução do papel do Estado na economia (Estado mínimo). Neste sentido, o Estado restringe a sua responsabilidade social e relega ao mercado e às empresas privadas parte dos seus encargos.
      Resumindo, a politica NEOLIBERAL, parte do principio da valorização das empresas Privadas e diminuição e desvalorização das empresas Estatais (Pública, do Estado). É proposital o sucateamento de escolas públicas, hospitais e outros órgãos estatais. A valorização desses órgãos iria levar o fechamento de diversas instituições privadas. Por isso, que não me espanta os milhões de reais que os empresários investem nas campanhas politicas, ou seja, os politicos entram para defender os interesses dos empresários e não da população.

Edgard Brasil

segunda-feira, 18 de abril de 2016

17/04/2016 - O DIA EM QUE VIRAMOS PIADA MUNDIAL !!!


 
      O que foi aquilo? Que circo e palhaçada era aquela? Nem nos maiores presídios do Brasil tem tanto bandido, corrupto, torturador, estuprador como tinha ontem em Brasília em um curto espaço por metro quadrado. Literalmente nosso povo está doente, pela primeira vez eu vi uma pessoa sendo julgada por corruptos pelo simples fato dela ser honesta.

      O assunto que estava em questão era debater sobre o possível crime que a Presidenta Dilma tinha ou não cometido e o que ocorreu foram discursos de interesses próprios e empresariais, dos mais de 400 deputados que lá estavam, contei somente dois que tocaram na questão PEDALADAS FISCAIS,  os demais Deputados  deliberadamente falaram contra nossos direitos, discursaram a favor do agronegócio, das grandes empresas, contra direitos trabalhistas, contra a comunidade LGBT, a favor de torturadores da ditadura militar, que mataram e torturaram física e psicologicamente inúmeras pessoas neste país, contra os movimentos sociais, sem exceção, todos que votaram favoráveis representa um modelo de governo que nos aniquila, que roubam nossos direitos para dar aos ricos e milionários não é pra você não, classe média abobalhada, muito menos pra nós pobres e trabalhadores.

       Outra coisa que foi inadmissível  e inaceitável foi o discurso de JAIR BOLSONARO, em qualquer país sério ele tinha saído de lá junto com CUNHA  e mais da metade dos que estavam alí presos, BOLSONARO, dedicou seu voto e fez um discurso FASCISTA ao CORONEL USTRA que foi condenado por sequestro e estupro, pois na época da DITADURA MILITAR o CORONEL USTRA torturou mulheres grávidas, estuprou mulheres, colocou ratos dentro de suas vaginas, queimou mulheres vivas e foi esse o mesmo que arrancou os dentes de DILMA a socos e pontapés e ainda não se contentando xingou o deputado de Jean Wyllys de tudo que é nome e no  final Bolsonaro ainda saiu aplaudido e hoje a população está perplexa pela cusparada que Jean Wyllys deu na cara de Bolsonaro.

      Sinceramente, estou enojado, envergonhando com essa república de bandidos, fanáticos, torturadores, bananas e ladrões. Nosso país está doente, corrompido pelo espírito Fascista do ódio.

      Meu medo é, como ficará esse país depois da votação do SENADO, pois com certeza o IMPEACHMET será aceito pelos senadores e os únicos que poderiam impedir esse retrocesso seria o povo ocupando as ruas ou o STF deixar de ser acovardo e comprado e começar a agir, pois sinceramente pelos posicionamentos da UNASUL, MERCOSUL, BRICs, G20, OEA e de alguns líderes mundiais. Cunha e Temer, governaram sozinhos, nosso país caminha para uma guerra civil e um retrocesso nos moldes da Europa nas décadas de 30 e Brasil na década de 90.

      Lamentável que muitos de nosso povo ainda não acordaram e ainda acham que com a queda de Dilma, a Lava Jato continuará e que os próximos a caírem serão Temer e Cunha.


Edgard A. do Brasil

sábado, 16 de abril de 2016

O Crescimento do Fascismo no Brasil



      Ultimamente tenho me sentido incomodado, inquieto, pensativo e muito preocupado. Venho analisando como o discurso de ódio, a Xenofobia, o preconceito e a perseguição a homossexuais vem crescendo de forma assustadora nesse país e que está sendo absorvido por parte da população como algo comum e necessário. O que me deixa mais preocupado é que esse discurso está sendo alimentado por líderes EVANGÉLICOS, isso mesmo. Hoje é comum ver e ouvir líderes  evangélicos abertamente usando do discurso de ódio para alimentar o desejo de uma classe que anseia por isso e alienando outros que se quer sabem onde estão se metendo. O Fascismo que está nascendo no Brasil está se apresentando como o mais perigoso de toda a História, pois nenhum outro que existiu na História mundial, usou de RELIGIÃO para assumirem o poder e controlar as grandes massas.

      A ideologia do Fascismo surgiu com Benito Mussolini na Itália, Mussolini usava da imprensa e do apoio das Elites para assumir o poder e propagar sua ideias, Adolf Hitler na Alemanha, comandou massacres, assassinatos politicos, perseguiu  religiões, etnias e a homossexuais.

      A diferença do Fascismo que cresce no Brasil para o da Itália e o da Alemanha é que aqui se usa de uma religião (EVANGÉLICA), para atrair as camadas mais pobres e conseguir um número cada vez maior de fiéis, para futuramente estarem elegendo vereadores, deputados, senadores etc. O Fascismo que aqui cresce, está sendo misturado com TEOCRACIA, para isso é só observar hoje quem ocupa o LEGISLATIVO em nosso país, que são: CUNHA, FELICIANO, BOLSONARO, MAGNO MALTA, JOÃO CAMPOS, LINCOLN PORTELA entre outros.  E ambos recebem apoio dos líderes EVANGÉLICOS: MALAFAIA, EVERALDO, PAIVA NETO, RR SOARES E VALDEMIRO SANTIAGO.

      E essa bancada evangélica defende: O fim da igualdade racial e de gênero, a eutanásia, violência e discriminação contra homossexuais, bissexuais e transexuais, castigos físicos impostos por pais aos filhos, e alguns entre eles a volta da ditadura militar entre outras coisas.

      Quero deixar bem claro aqui, que esse artigo não é para levar a raiva aos EVANGÉLICOS, mas sim para que alguns que ainda não acordaram e não viram a realidade escancarada em sua frente, possam acordar, pois esses VENDILHÕES do TEMPLO e FALSOS PROFETAS, estão usando de uma doutrina tão bonita e propagada por Jesus Cristo com o objetivo e intuito de adquirirem poder e dinheiro, a doutrina defendida por essa corja citada acima, não se iguala em nada na que era defendida por Jesus Cristo. Precisamos de líderes que nos unam e não nos separem e também precisamos ficar atentos, pois hoje, eles já tem o LEGISLATIVO  em seu poder, O JUDICIÁRIO,  para dominarem todo o Brasil só falta o EXECUTIVO e virarem chefes supremos das FORÇAS ARMADAS. Lembrando, que historicamente a TEOCRACIA não foi bom em lugar nenhum e que politica e religião nunca combinaram, pois em mãos erradas sempre levaram a massacres e perseguições.

Edgard A. do Brasil


sábado, 2 de abril de 2016

A URNA SE TORNOU UM PERIGO PARA AS ELITES !

      O perfil político atual do Brasil, me levou ao seguinte questionamento. Para que serve a URNA?
Durante muitos anos uma falsa DEMOCRACIA foi vendida de que nas URNAS a sociedade poderia escolher seu representante e que seu voto decidiria a vida dos seus habitantes e a vida política do país. Mas não é isso que vem acontecendo.

      Venho notando que as URNAS só representam a "DEMOCRACIA" quando o seu resultado é aquele esperado pelas ELITES, ou seja, somente quando é eleito aqueles que eles esperavam. Caso contrário fazem um inferno no país, usam da mídia para fazer a população pensar iguais a eles, usam do Legislativo para travarem a entrada de empresas para gerar desemprego e colocar a sociedade contra aquele que foi eleito democraticamente pelo voto, nomeiam juízes e altos cargos da PF para fazerem política para arrancarem aquele(a) que foi eleito pelo voto direto representado pelo povo. E o povo? Em sua maioria assiste tudo em sua casa, sentado em frente à TV assistindo Jornal Nacional e vai absorvendo todo a canalhice realizada pelas elites que tem os políticos como seus "Funcionários" para realizarem seus desejos, pois políticos e empresários andam juntos. Os empresário financiam as campanhas dos políticos e os políticos depois de eleitos, defendem os interesses dos empresários, fecham os olhos para as sonegações de impostos, repassam as obras públicas para as empresas daqueles que investiram em sua campanha, sucateiam as instituições públicas para que a população procure as instituições privadas, enchendo assim o bolso dos empresários de dinheiro.

Observe a imagem abaixo representando como está divida nossa sociedade atual em Classes:

       Repare que as ELITES estão em minoria, ela é uma classe rica, mais frágil. Se os POBRES começarem a se politizar e se informarem por outras fontes que não seja a TELEVISÃO que é usada por eles para realizar a lavagem cerebral, eles sairão sempre em desvantagem nas URNAS. Por mais que um número gigantesco hoje de brasileiros que chegaram a classe média começaram a se achar ricos e votarem defendendo os interesses das ELITES ainda é pouco, pois sempre dentro da própria CLASSES MÉDIAS. Terão aqueles que continuara defendo seus interesses como POBRES, pois sabem que não são ricos e mantém os pés no chão.

      A ELITE brasileira está desesperada, pois a URNA que era vendida por ela como um veículo para manter uma FALSA DEMOCRACIA, está se tornando uma arma contra ela. Então, qual a solução das ELITES para assumirem o PODER novamente? Simples, através de GOLPES, utilizando cada vez mais a MÍDIA a seu favor, COMPRANDO VOTOS e CRIMINALIZANDO A PRÓPRIA URNA com propagandas e dizendo que ela é sabotada. Com três minutos de pesquisa na Internet verá que é quase impossível, sendo o sistema de votação mais seguro do mundo. Ou você nunca parou para se perguntar o Por quê o EUA ainda não a adotou? Pois lá a fraude rola solta com a contagem de cédulas de papel ainda em pleno século XXI.

      Enquanto o cidadão de bem vai sendo manipulado por uma mídia que só passa aquilo que as favorece, pois para os que não caíram na real, Globo, SBT, BANDEIRANTES, RECORD etc. Também são empresas e também financiam políticos para que os mesmos possam estar brigando pelos seus direitos e o POVO assistindo a todo o circo, a todo o espetáculo, adquirindo a revolta e a esperança de que a justiça está sendo feita por partidos como: PSDB, PMDB e DEM. Que desde da época do Brasil Império e Primeira República quando eram ainda os CONSERVADORES E OS LIBERAIS só sabem defender os interesses da ELITES e os seus próprios.

Edgard A. do Brasil

O MUNDO CONECTADO COM O LIVRE DA CAVERNA